sexta-feira, 16 de abril de 2010

A Fábula do Porco-Espinho


http://iprperuibe.blogspot.com/A Fábula do Porco-Espinho
. Durante a era glacial, muitos animais morriam por causa do frio. Os porcos-espinhos, percebendo a situação, resolveram se juntar em grupos, assim se agasalhavam e se protegiam mutuamente; mas, os espinhos de cada um feriam os companheiros mais próximos, justamente os que ofereciam maior calor. Por isso decidiram afastar-se uns dos outros e voltaram a morrer congelados.
Então precisavam fazer uma escolha: ou desapareceriam da Terra ou aceitavam os espinhos dos companheiros. Com sabedoria, decidiram voltar a ficar juntos. Aprenderam assim a conviver com as pequenas feridas que a relação com uma pessoa muito próxima podia causar, já que o mais importante era o calor do outro. E assim sobreviveram!
O melhor relacionamento não é aquele que une pessoas perfeitas, mas aquele onde cada um aprende a conviver com os defeitos do outro e consegue admirar suas qualidades.

3 comentários:

Aurelio MC Gomes disse...

Obrigado por seguir o meu blog

Que Deus te abençoe.

ESTOU SEGUINDO O SEU BLOG.

Link: "http://aureliomcgomes.blogspot.com/"

Seja bem vindo ao "Blog Eu Sou o Mensageiro!",
volte sempre que quiser.
Espero te receber lá mais vezes

Amo ler seus comentários e tenho prazer em responde-los

"clique aqui http://aureliomcgomes.blogspot.com/"

Fique na paz do Senhor
Será um prazer ler seus comentários,
Faça um Blogueiro mais feliz, COMENTE!

Atenciosamente,
"Aurelio MC Gomes - Blog Eu Sou o Mensageiro!"

Wilson Parpinelli disse...

Olá Pr. José,
Quero te parabenizar pelo Blog e pelas suas postagens. Já me tornei um seguidor.
Quero aproveitar para te convidar a visitar e o meu Blog Teologia Inteligente e, se desejar, também segui-lo.
Ah, e não deixe de comentar nossa última postagem; é só clicar aqui.
Juntos somos mais eficazes na proclamação do Evangelho !!!
Te espero lá...
Soli Deo Gloria !!!

Acervo Teológico disse...

Olá
Paz do Senhor!
Visitem nosso site!

http://www.institutogamaliel.com

Que o Senhor Jesus vos abençoe abundantemente!

 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios